Mercado de Capitais – Em linha com as legislações

post-14

Não é novidade, principalmente para seus participantes, que o Mercado de Capitais brasileiro é um dos mais regulados do mundo: Banco Central, CVM, BSM, ANBIMA…. trabalham muito para proporcionar aos investidores nacionais e internacionais proteção e confiabilidade. Mesmo assim não é raro surgirem novos casos de tentativas e, por vezes até “acertos”, de fraudes ou maneiras de driblar a regulação e fiscalização.

Já há algum tempo, notamos diferentes comportamentos dos participantes do Mercado de Capitais brasileiro, principalmente quando questionados sobre a crescente exigência de órgãos reguladores e nos fica claro que boa parte mantém mentalidade e entendimento que exige no mínimo reflexão.

Profissionais de “Front Office” entendem as regulamentações como um freio para novos negócios e necessidades de seus clientes. Profissionais de “BacK Office” por vezes reclamam do volume e dos prazos para alteração de processos e sistemas ao cumprirem as regulamentações, sem contar o tempo dedicado ao planejamento em detrimento de suas rotinas operacionais. Já para os Executivos, a preocupação baseia-se em suas crescentes responsabilidades legais e, portanto, exigem internamente a implementação de controles eficientes com menor custo possível. Por fim, o entendimento nos parece pleno para os profissionais de Compliance, havendo como desafio encontrar a melhor forma de atender aos reguladores sem onerar (ainda mais) as instituições nessa época de crise.

Existe ainda o lado do investidor e é exatamente por esse prisma que todo o regulatório se justifica. Há menos de uma década, “Churning”, “Chinese Wall” (ausência de), “Insider-trader”, manipulação de mercado, entre outras irregularidades eram práticas comuns no dia-a-dia no mercado de capital, prejudicando o mercado e seus investidores. Portanto, entendemos que as novas regulações vêm para moralizar esse mercado voraz,  e não tem o intuito de inviabilizar negócios.

Diante deste cenário, nossos experientes consultores, têm participado ativamente da adequação de Corretoras, Distribuidoras, Gestoras, Administradoras e Bancos, trabalhando com posições distintas de acordo com o porte e características do negócio; cargo e função do interlocutor, desafios e dificuldades das instituições  a fim de avaliar as particularidades do negócio e fornecer um serviço exclusivo e coerente.

Para nós, consultores especialistas, é de suma importância o estudo de novas regulações, discussão e alinhamento de soluções junto aos reguladores e fiscalizadores com o objetivo de prover ao mercado a melhor solução para cada demanda, com processos e controles que possam mitigar os riscos com custo e esforço equilibrados..

Tecnologia, conhecimento e dedicação pelo que fazemos nos coloca em posição de destaque nos serviços de consultoria para o mercado de capitais brasileiro.

Autor: Rubens Bachiega
rbachiega@mestraconsultoria.com.br
www.mestraconsultoria.com.br

Deixe um comentário